Partido Socialista espanhol admite derrota em eleição

O Partido Socialista, do primeiro-ministro José Luis Zapatero, admitiu a derrota nas eleições gerais da Espanha, realizadas hoje, informou a Dow Jones. Com mais de 60% dos votos apurados, o opositor Partido Popular (PP) tinha 43,4% dos votos, ante 29% dos socialistas.

AE, Agência Estado

20 de novembro de 2011 | 20h15

Esse porcentual dava ao PP uma confortável maioria de 186 assentos no Parlamento, de 176 necessários para garantir a maioria e eleger o primeiro-ministro sem precisar de votos de aliados. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EspanhaPartido Socialistaeleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.