Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Partidos do governo vencem eleições legislativas na Estônia

O Partido das Reformas e o Partido de Centro, que formam o núcleo de coalizão que governa a Estônia, foram os grandes vencedores das eleições legislativas realizadas domingono país, segundo as autoridades eleitorais.O Partido das Reformas ficou em primeiro lugar, com 27,8% dos votos, seguido do Partido de Centro, que obteve 26,1%. Em terceiro ficou o nacionalista União Pró-Pátria e Res Publica, com 17,9 %. Mais atrás apareceu o Partido Social Democrata, com 10%, enquanto a União do Povo e os Verdes, ambas com 7,1%, fecharam a lista das que superaram o mínimo de 5% necessário para fazer parte do Parlamento.Um total de 61% do censo eleitoral, estimado em cerca de 900.000 eleitores, participaram das eleições, as primeiras de caráter parlamentar na Estônia desde sua entrada na União Européia e na Otan, em 2004.O Parlamento estoniano é unicameral, formado por 101 cadeiras. Sua legislatura tem duração de quatro anos.Os resultados eleitorais representam uma grande vitória do atual primeiro-ministro, Andrus Ansip, cuja formação, o Partido das Reformas, aparecia em segundo lugar, atrás do Partido de Centro, nas enquetes prévias ao pleito.Ansip anunciou que formará um governo de coalizão, que permitirá a seu partido cumprir o programa eleitoral. "O apoio obtido pela coalizão de reformistas e centristas é umamostra de que os eleitores estão contentes com a situação naEstônia", disse o primeiro-ministro, citado pela agência digital Regnum.As 101 cadeiras do Parlamento ficaram distribuídas da seguinte forma:Partido das Reformas, 31; Partido de Centro, 29; União Pró-Pátria e Res Publica, 19; Partido Social Democrata, 10; União do Povo, 6; Verdes, 6.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.