Partidos do Uruguai escolhem candidatos à presidência

Militantes dos partidos políticos do Uruguai participam neste domingo (28) de prévias internas para elegerem os respectivos candidatos que tentarão disputar a Presidência, na eleição de 25 de outubro. O senador José Mujica, de 74 anos, aparece como o favorito para ser o nomeado da coalizão governista de esquerda Frente Amplio.

AE-AP, Agencia Estado

27 de junho de 2009 | 14h51

O ex-presidente Luis A. Lacalle desponta à frente do Partido Nacional, enquanto Pedro Bordaberry é o favorito dentro do Partido Colorado. Pablo Mieres, do Partido Independiente, não tem opositores dentro do bloco e deve ser confirmado como o postulante ao cargo pela legenda. Mujica, tem ampla vantagem (56%-35%) sobre seu principal opositor, o senador Danilo Astori, de um setor moderado do partido governista. Astori, de 69 anos, não conta com a simpatia dos setores mais duros do partido, já que quando foi ministro da Economia adotou políticas consideradas neoliberais, embora refute essa crítica.

Lacalle, de 69 anos, que defende um "liberalismo pragmático", leva vantagem em relação a Jorge Larrañaga (57%-41%), de acordo com as últimas pesquisas. Das escolhas partidárias deste domingo, será possível verificar o rumo que deve tomar o Uruguai: se a opção será por uma vertente mais socialista, como aspiram alguns, ou por uma posição mais centrista, alinhada com o liberalismo pragmático que tem sido uma tradição desse pequeno país com 3,3 milhões de habitantes. Desse total, 2,5 milhões estão habilitados para votar, mas a votação não é obrigatória neste domingo.

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõesuruguaiprévias

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.