Passa de 2 mil o número de mortos no terremoto na Argélia

O número de mortos no devastador terremoto que atingiu parte da Argélia subiu, neste domingo, para mais de 2 mil. O ministério do Interior informou pela manhã que pelo menos 2.047 morreram e mais de 8.600 ficaram feridas, segundo a agência de notícias APS.O número de mortos deve subir a medida em que os escombros dos prédio residências que vieram a baixo no terremoto são retirados. Segundo Hakim Mohad, membro de uma unidade da Defesa Civil da Argélia, o número final de vítimas fatais deve passar de 3 mil.Neste domingo, o presidente da Argélia, Abdelaziz Bouteflika visitou a devastada cidade de Boumerdes e foi recebido a pedradas e gritos de "poder assassino" pela população. Bouteflika foi obrigado a cancelar o roteiro previsto.Mais tarde Bouteflika foi recebido de forma parecida em Lajdaria. Um morador acusou, aos gritos, o governo da Argélia de se apossar da ajuda internacional às vítimas do pior terremoto em 20 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.