Marcio Jose Sanchez/AP
Marcio Jose Sanchez/AP

Passageira do avião da Asiana morreu atropelada, confirma laudo

Chinesa sobreviveu à queda da aeronave, mas foi atingida por um caminhão dos bombeiros

O Estado de S. Paulo,

19 de julho de 2013 | 19h20

SAN MATEO - Uma passageira do avião que caiu neste mês em San Francisco morreu em decorrência de um atropelamento na pista, provavelmente causado por um caminhão de bombeiros, e não por causa da colisão propriamente dita, disseram autoridades nesta sexta-feira, 19.

A chinesa Ye Mengyuan, de 16 anos, estava sentada na parte traseira do voo 214 da Asiana Airlines. Segundo laudo divulgado pelo legista Robert Foucrault, ela sobreviveu ao choque do Boeing 777 contra o chão no momento do pouso, mas morreu por causa de lesões consistentes após ser atropelada por um veículo de emergência.

Presente ao lado de Foucrault na divulgação do resultado, a chefe dos bombeiros de San Francisco, Joanne Hayes-White, disse que a conclusão é "obviamente uma notícia muito difícil para nós". Duas jovens chinesas morreram na queda do avião e cerca de 180 pessoas ficaram feridas.

Hayes-White disse que bombeiros envolvidos no resgate foram interrogados pela polícia e submetidos a exames de álcool e drogas. Ela disse acreditar, no entanto, que a morte de Ye tenha sido um "trágico acidente", que pode não levar a sanções disciplinares./ REUTERS

 
Tudo o que sabemos sobre:
Asiana AirlinesSan Francisco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.