Passageiro causa tumulto e é preso em avião em Miami

Após o pouso, o passageiro correu para a área da cabine, desobedecendo as exigênicas

AE, Agência Estado

25 Maio 2012 | 14h19

MIAMI - Autoridades norte-americanas disseram um passageiro de um voo da American Airlines, proveniente da Jamaica, deve de ser deito após correr na direção da cabine assim que a aeronave pousou em Miami. O FBI investiga o incidente, ocorrido na manhã desta sexta-feira, 25.

A porta-voz da American Airlines, Dori Alvarez, disse que um passageiro desorientado levantou-se de seu assento logo após o pouso. O avião estava taxiando e o passageiro não obedeceu às ordens dos tripulantes para se sentar. Segundo Alvarez, o passageiro foi para a frente da aeronave, na região da cabine, mas foi dominado e entregue à polícia.

"Após o pouso, havia um passageiro que não cooperou com os tripulantes e que estava agindo de forma suspeita. A polícia do aeroporto foi chamada e removeu o passageiro da aeronave", disse a American Airlines em comunicado, segundo o site da emissora de televisão WSVN.

As informações são da Associated Press e da Dow Jones

Mais conteúdo sobre:
EUA voo tumulto American Airlines

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.