Passageiro com explosivo em avião seria de origem árabe

O passageiro com explosivos escondidos no sapato no avião que fazia a rota Paris-Miami, que foi desviado neste sábado à noite para o aeroporto de Boston, seria de origem árabe, informou o diretor do aeroporto Logan de Boston, Tom Kinton. O passageiro, que viajava sem mala, permanece sob custódia do FBI em Boston. Ele tem aparentemente um falso passaporte britânico, emitido na Bélgica há três semanas, que o identifica como Richard Reed.Segundo o diretor do aeroporto, se não fosse a ação de uma aeromoça e dos demais passageiros, ?algo muito sério teria acontecido?. De acordo com ele, alguns passageiros ficaram feridos quando tentaram dominar o homem com os explosivos. O avião da American Airlines, que fazia o vôo 63, foi escoltado por dois caças F-15, segundo fontes do Pentágono.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.