Passageiros obesos elevam custos aéreos, dizem EUA

Bagagem de mão pesada não é a única coisa pesando nos aviões, forçando um consumo maior de combustível e pressionando o preço da passagem. Um novo estudo do governo americano revela que as companhias aéreas vêm se preocupando cada vez mais com o peso dos passageiros. As cinturas dilatadas da América estão contraindo os ganhos das empresas. Passageiros pesados aumentam o custo do combustível, segundo o relatório.Ao longo dos anos 90, o peso médio do americano subiu em cinco quilos, de acordo com o Centro para controle e Prevenção de Doenças. O peso extra levou as companhias aéreas a gastar US$ 275 milhões a mais em combustível no ano 2000, apenas para transportar o peso extra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.