Passageiros são retirados de avião por suspeita de ebola

Equipes de emergência vestidas com roupas protetoras removeram cinco passageiros de um voo com origem em Dubai que pousou no Aeroporto Internacional Logan, em Boston, ontem à noite. Eles foram transportados para hospitais locais.

Estadão Conteúdo

14 de outubro de 2014 | 11h09

Os passageiros apresentavam sintomas parecidos com o da gripe, segundo um representante do aeroporto, que acrescentou que nenhuma pessoa a bordo do avião Emirates 777-300 havia passado pelo oeste da África, foco da atual epidemia de ebola.

"Diante disso, a chance de os passageiros terem contraído o ebola é bastante baixa", afirmou Shelly Diaz, porta-voz do Centro para Controle e Prevenções de Doenças (CDC, na sigla em inglês) dos EUA. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAebolapassageirosEmiratesBoston

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.