Passeata pede paz nas ruas de Birmingham na Inglaterra

Grupos comunitários realizaram uma passeata pela paz hoje em Birmingham, segundo maior cidade da Inglaterra, contra os ataques de vandalismo que provocaram três mortes. Filas de pessoas se reuniram em Winson Green, onde os três homens muçulmanos morreram ao ser atropelados por um carro em alta velocidade. Os três estavam em um grupo maior que vigiavam várias lojas de proprietários paquistaneses, protegendo-as contra os saqueadores.

AE, Agência Estado

14 de agosto de 2011 | 13h47

As mortes ameaçaram iniciar confrontos entre gangues asiáticas e de negros, mas apelos para calma e unidade do pai de uma das vítimas trouxeram cautela para a área. Dois homens foram acusados pelo atropelamento, Joshua Donald, de 26 anos e um menor de 17 anos que não teve o nome divulgado. Eles permaneceram em custódia da polícia depois de um breve depoimento na corte de Birmingham. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Inglaterrapasseata

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.