Pastor que queria queimar Alcorão lança candidatura

Depois de lançar o livro O Islã é o Diabo e de ameaçar queimar publicamente exemplares do Alcorão, o pastor evangélico Terry Jones lançou-se candidato à presidência dos EUA. Sob proteção da organização Levante-se Agora América, ele tem feito campanhas anti-islâmicas pelo território americano desde o fim do ano passado, como meio de consolidar-se como o candidato mais radical da eleição de 2012.

O Estado de S.Paulo

05 de dezembro de 2011 | 03h05

Jones deverá concorrer como independente, sem vinculação partidária. Ontem, ele divulgou a inusitada plataforma da campanha. Entre as oito iniciativas propostas estão a deportação de todos os imigrantes ilegais dos EUA e a legalização da maconha. A planta, segundo ele, pode ser usada como matéria-prima para biocombustível e para fabricar um produto mais resistente do que o aço. / DENISE CHRISPIM MARIN

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.