Pastores salvam urso panda de ataque de cachorros na China

Um urso panda gigante de cinco anos foi salvo do ataque de uma matilha de cachorros selvagens por um grupo de pastores de um povoado da província de Sichuan, no sudoeste da China, publicou hoje a agência oficial "Xinhua".O urso, que vivia na Reserva Natural de Pandas Gigantes de Shenguozhang, fugiu do parque, localizado no distrito de Yuxi, e passou a ser perseguido por vários cachorros selvagens. Seis pastores de Shenpu viram a perseguição e resolveram avisar aos funcionários florestais, afirmou Gongo Tianjin, diretor da reserva.O urso, "mais assustado que ferido", foi hospitalizado no centro veterinário da reserva e posteriormente liberado, informou o Governo local. A reserva de ursos panda de Sichuan, que abrange uma área de 9.245 quilômetros quadrados entre os rios Da Duhe e Miniang, foi incluída na semana passada pela Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) em sua lista de Patrimônio Mundial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.