Pastrana vai intensificar busca de acordo com ELN

Com a ruptura do processo de paz com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), o presidente Andrés Pastrana concentrará seus esforços nas negociações com o Exército de Libertação Nacional (ELN), o segundo mais importante grupo guerrilheiro do país, disseram fontes no governo.Em entrevista a jornalistas estrangeiros nesta quinta-feira, Pastrana fez um comentário sobre o "aspecto positivo" da continuidade do diálogo com o ELN. As conversações com o ELN foram retomadas em novembro com mediação de Cuba, que promoveu uma série de reuniões em Havana entre funcionários colombianos e porta-vozes da guerrilha.Há duas semanas houve a terceira rodada de conversações na capital cubana, e a próxima está marcada para 27 de março, em Genebra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.