Paul Martin é o novo premier do Canadá

Jean Chretien renunciou após 10 anos como primeiro-ministro do Canadá, abrindo caminho para Paul Martin, um ex-ministro das Finanças que prometeu buscar um relacionamento mais tranqüilo com os EUA, a despeito da tensão criada pela questão iraquiana.A renúncia de Chretien, em cerimônia privada, e a posse de Martin, transmitida pela televisão, ocorreram uma imediatamente após a outra, numa câmara guardada por soldados de casaca vermelha, nos escritórios do governador-geral.Martin fez seu juramento em inglês e francês, tornando-se o 21º primeiro-ministro canadense. A cerimônia multicultural incluiu um ritual de purificação realizado por um ancião de uma nas nações indígenas. O novo primeiro-ministro, de 65 anos, ganhou de forma esmagadora a votação pela liderança do Partido Liberal, no governo, depois que Chretien anunciou seus planos de deixar a política.Jean Chretien foi um dos chefes de governo que por mais tempo se manteve no cargo, entre as principais nações do Ocidente. Ele renunciou do cargo de primeiro-ministro e da cadeira no Parlamento, e não falou com a imprensa ao deixar a cerimônia, voltando à condição de cidadão particular pela primeira vez após 40 anos na política.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.