Pavilhão de cemitério judeu é destruído na França

Vândalos destruíram uma pavilhão dentro de um cemitério judeu na cidade de Estrasburgo, na França, nesta terça-feira. Segundo a polícia, o teto do pavilhão veio abaixo e a maior parte das paredes foram destruídas. Na noite de domingo, a sinagoga Or Aviv, em Marselha, foi atacada e acabou destruída por incêndio. Jospin disse ser "extremamente difícil" garantir segurança permanente a todas a cidades freqüentadas pela comunidade judaica. "A melhor proteção contra tais ataques é a reflexão dos cidadãos, compreendendo que as paixões que emergem no Oriente Médio não devem emergir aqui", disse o premiê. Jospin afirmou que "mesmo tendo a maior comunidade judaica da Europa e uma das maiores comunidades árabes-mulçumanas do continente europeu, não devemos importar a violência". As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.