PDVSA 'escondeu' de Chávez US$ 9 bilhões

Um telegrama da Embaixada Americana em Caracas, transmitido em 18 de julho de 2007, afirma que, para "esconder de (Hugo) Chávez o dinheiro", Eudomario Carruyo, ex-diretor de finanças da estatal PDVSA, "transferiu o fundo de pensão de US$ 9 bilhões (da empresa) para uma série de bancos europeus".

03 Setembro 2011 | 04h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.