Pedida prisão de presidente deposto de Madagáscar

O novo governante de Madagáscar, Andry Rajoelina, divulgou que foi emitido hoje um mandado de prisão contra o presidente democraticamente eleito derrubado por ele no mês passado. No mandado, a juíza Christine Razanamahasoa alega que o presidente deposto Marc Ravalomanana e seu ministro das Finanças são suspeitos de malversação de dinheiro público.

AE-AP, Agencia Estado

17 de abril de 2009 | 13h03

O anúncio foi feito pela rádio estatal madagascarense hoje. Rajoelina assumiu o poder em março, com o apoio do Exército, depois de meses de protestos de rua. A União Africana (UA) qualificou a tomada de poder como golpe. Ravalomanana encontra-se na Suazilândia desde que foi derrubado.

Tudo o que sabemos sobre:
Madagáscarex-presidenteprisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.