Pedófilo norte-americano é preso na Tailândia

Agentes norte-americanos e tailandeses prenderam hoje num bairro de Bangcoc um pedófilo confesso que figurava na lista de criminosos mais procurados pelo FBI: o músico norte-americano Eric Franklin Rosser, de 49 anos, ex-pianista do roqueiro John Mellencamp. "Não sou o demônio que todo mundo julga", disse ao ser algemado pelos policiais. "Amo a Tailândia por isso voltei aqui."A polícia encontrou no apartamento dele grande quantidade de revistas, fotos e vídeos com pornografia infantil. Rosser havia sido preso em fevereiro de 2000 na capital tailandesa, onde trabalhava no luxuoso Oriental Hotel como pianista e lecionava música para crianças da alta sociedade local.Ele foi acusado de má conduta e de distribuir pornografia infantil. Libertado sob fiança, fugiu em abril deste ano - pouco antes de seu julgamento pela Justiça tailandesa - para a Europa, estabelecendo-se temporariamente na Holanda, Inglaterra e Noruega. Regressou há dois meses com documentos falsos e nova aparência (calvo e barbudo) e começou a dar aulas de inglês num colégio local."Estamos orgulhosos com o êxito de nossa missão", disse Robert Cahill, agente especial do FBI em Bangcoc que agiu em conjunto com a polícia local.Rosser figura na lista de mais procurados do FBI desde março de 2000 quando o Grande Júri do Estado de Indiana o acusou de seis delitos relacionados com produção e distribuição de pornografia infantil. Ele deverá ser extraditado. Para cada uma das acusações, poderá pegar 15 anos de prisão e ter de pagar multa de US$ 250 mil. Considerado pianista talentoso pela crítica, Rosser é casado com uma tailandesa e tem um filho de 2 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.