Pedras preciosas no estrume de uma vaca

Um joalheiro indiano terá de passar um mês peneirando estrume de vaca. Será o tempo necessário para que ele tente recuperar 2 mil pedras preciosas, perdidas num pasto, e digeridas por um dos animais. O caso ocorreu há duas semanas, no vilarejo indiano de Limbudi, Estado de Gujarat, quando o joalheiro Mohobat Sang Gohil voltava para casa carregando um pacote com duas mil minúsculas pedras preciosas - entre elas alguns diamantes. A certa altura do caminho, quando passava por um pasto ocupado por algumas vacas, Gohil deixou cair o pacote. O homem, porém, só deu conta da perda ao chegar em casa. Apavorado com a possibilidade de ter um prejuízo equivalente a US$ 800, o distraído joalheiro retomou o caminho percorrido na tentativa de achar as pedras. Por sorte, quando passava pelo mesmo pasto, Gohil notou que uma das vacas levava à boca seu pacote de diamantes. Após obter autorização do dono do rebanho - e na impossibilidade de operar a vaca, animal sagrado na Índia - o joalheiro a confinou. Após algumas horas, as primeiras pedras foram achadas no estrume do animal. Cansado de selecionar o estrume, mas confiante na sorte, Gohil acredita que poderá recuperar as pedras. Mas para tanto ele ainda terá de esperar um mês para que a vaca "gulosa" elimine todo o "tesouro."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.