Pela 1ª vez, premiê israelense fala de 'Estado palestino'

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, referiu-se hoje pela primeira vez a um "Estado palestino" desde que foi eleito em fevereiro, mas expressou reservas.

AE-DOW JONES, Agencia Estado

24 de maio de 2009 | 14h48

"Precisamos ter algumas reservas sobre um Estado palestino no acordo de um status final", afirmou ele durante encontro semanal do gabinete, o primeiro desde seu primeiro encontro oficial com o presidente norte-americano, Barack Obama, em Washington.

"Isso foi expresso claramente ao presidente em Washington. Quando alcançarmos um acordo em substância, alcançaremos um acordo sobre a terminologia", disse o premiê.

"Se formos falar sobre um Estado palestino, temos que primeiro verificar que tipo de soberania e direitos esse Estado terá. Temos que garantir que não seremos ameaçados", disse o premiê, segundo uma autoridade do governo.

Tudo o que sabemos sobre:
IsraelpremiêEstado palestino

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.