Pela primeira vez, italianos votam no exterior

Italianos que vivem fora do país puderam votar nesta quinta-feira sem terem, antes, de voltar para casa - a primeira aplicação de uma emenda constitucional que permite o voto dos ausentes. Os italianos no exterior poderão votar em dois referendos, entre quinta-feira e 12 de junho. Os referendos, sobre legislação trabalhista e normas de energia elétrica, serão votados na Itália nos dias 15 e 16. Segundo o Ministério das Relações Exteriores da Itália, cerca de 4 milhões de italianos vivem fora do país, incluindo 1,1 milhão na América Latina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.