Etienne Laurent/EFE/EPA
Etienne Laurent/EFE/EPA

Pelo menos 11 bombeiros ficam feridos após explosão em prédio de Los Angeles

Incêndio, que rapidamente se expandiu após a explosão, deixou vários prédios em chamas; mais de 230 bombeiros trabalharam no local do acidente

Redação, O Estado de S.Paulo

17 de maio de 2020 | 03h48

LOS ANGELES - Uma grande explosão em um prédio comercial no centro de Los Angeles na noite de sábado, 16, atraiu centenas de bombeiros ao local e feriu pelo menos 11 deles. Eles chegaram ao local, onde havia muita fumaça, por volta das 18h30 (22h30, no horário de Brasília). Uma investigação inicial aponta que o depósito armazenava óleo de haxixe, mas ainda não se sabe a causa do acidente.

O incêndio, que rapidamente se expandiu após a explosão, deixou "vários prédios em chamas". Mais de 230 bombeiros estavam trabalhando para conter as chamas e socorrer os feridos. Nas redes sociais, vídeos e imagens mostram fumaça espessa, visível por quilômetros, subindo no ar, além de macas e helicópteros para auxiliar no resgate. 

No Twitter, o prefeito de Los Angeles, Eric Garcetti, disse que estava "acompanhando de perto essa situação à medida que continuava a obter mais informações". Gavin Newsom, governador da Califórnia, na mesma rede social, disse estar "grato pelos corajosos bombeiros e socorristas no local que lutam contra essas chamas".

Até o momento, não há informações sobre o estado de saúde dos bombeiros feridos e de possíveis outras vítimas. / NYT

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.