Pelo menos 12 morrem em conflitos na Caxemira

Pelo menos 12 pessoas morreram em conflitos entre supostos militantes islâmicos e forças de segurança na Caxemira, informaram as autoridades da Índia neste sábado. Dois rebeldes foram mortos em um confornto com soldados indianos na aldeia de Konibal, a 20 Km de Srinagar, a capital de verão do estado de Jammu-Caxemira. No embate, morreram também dois soldados e dois policiais. Outros dois militares estão feridos.O atrito teve início quando os soldados abordaram os supostos insurgentes, no momento em que eles tentavam entrar em Konibal com munição e suprimentos, na noite de sexta-feira, disse um oficial que não quis ser identificado. Quando as tropas os pressionaram, os militantes abriram fogo contra os soldados, dando início a um tiroteio que durou toda a noite. Pelo menos sete casas da comunidade foram danificadas no combate. Em outro enfrentamento, seis pessoas morreram na vila de Goripara, a 40 Km de Srinagar, disse o agente policial Mohamad Amin. Entre as vítimas havia três supostos rebeldes, dois soldados e uma civil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.