Pelo menos 15 mortos em combates na Colômbia

Pelo menos 15 combatentes morreram e outros 13 ficaram feridos durante conflitos entre duas facções rivais de paramilitares no leste da Colômbia. "Fui informado que haviam cerca de 15 corpos em sacos plásticos em Puerto López, já em estado de decomposição", disse o comandante da VII Brigada do Exército, general Carlos Eduardo Avila. Segundo o militar, os 13 paramilitares feridos, levados a hospitais na cidade de Villavicencio, foram detidos pelas tropas oficiais. Ainda de acordo com Avila, os grupos Autodefesas Camponesas de Casanare (ACC) e o Bloco Centauros das Autodefesas Unidas da Colômbia (AUC) lutam na região "por território e pela comercialização de coca", mas não ficou estabelecido a qual lado pertencem os mortos e os feridos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.