Pelo menos 20 pessoas morrem após ataques na Síria

Beirute, 24 - Tropas do exército da Síria atacaram várias cidades controladas por rebeldes hoje e combateram desertores, ativistas e monitores, deixando pelo menos 20 mortos. O ataque mais duro teve como alvo a cidade de Saraqeb, na província de Idlib, segundo informou o ativista Nureddin al-Abdo à agência de notícias AFP.

Agência Estado

24 de março de 2012 | 12h04

Pelo menos um civil foi morto em Saraqeb, onde três soldados também morreram, de acordo com o Observatório Sírio para Direitos Humanos. O exército sírio também lançou morteiros e mísseis sobre vários bairros da cidade de Homs, matando sete civis, além de três pessoas na cidade de Qusayr, afirmou o Observatório.

O ativista Mohammed al-Shami disse à AFP que ataques violentos também ocorreram na capital Damasco durante a madrugada. A revolta contra o presidente Bashar al-Assad começou em março do ano passado e desde então cerca de 9,1 mil pessoas foram mortas. O regime do governo culpa "grupos terroristas armados" pela violência. As informações são da Dow Jones. (Equipe AE)

Tudo o que sabemos sobre:
Síriaexércitomortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.