Pelo menos 34 pessoas mortas em explosões na Índia

Três explosões em poucosminutos --uma em uma lanchonete e outras duas em um parque dediversões-- mataram ao menos 34 pessoas na cidade indiana deHyderabad, no sul do país, neste sábado, informaram a polícia eo governo. Mais de 50 pessoas ficaram feridas nas explosões em umacidade com um histórico de violência, e onde cerca de 12pessoas foram mortas durante um ataque a uma mesquita em maio. Representantes do governo disseram que pelo menos uma dasexplosões do sábado à noite foi uma bomba. "Posso confirmar que cerca de 34 pessoas já foram dadascomo mortas", informou R.V Chandravadan, uma das principaisautoridades da cidade, à emissora NDTV. Um oficial sênior da polícia disse à Reuters que houve umintervalo de 10 minutos entre cada uma das explosões. "As explosões ocorreram quase simultaneamente, e nós aindaestamos fazendo a contagem do número de mortos", disse ajornalistas Balwinder Singh, delegado da polícia de Hyderabad. O primeiro-ministro Manmohan Singh condenou as explosões eexpressou preocupação com o bem-estar dos afetados.Representantes do governo disseram que as explosões aparentamser ataques terroristas. Nos últimos anos, uma série de explosões com bombasatingiram a Índia e mataram centenas de pessoas, a pior dasquais foi um atentado ao sistema ferroviário de Mumbai emjulho. (Por Mark Williams)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.