Pelo menos 38 mulheres morrem em acidente de trânsito no sul da África

Elas viajavam em caminhão com cerca de 60 pessoas rumo a um festival na Suazilândia, no sul do continente, e colidiu com veículo

Associated Press

29 de agosto de 2015 | 09h57

Pelo menos 38 meninas e jovens mulheres morreram neste sábado em um acidente de trânsito, enquanto se dirigiam a um festival na Suazilândia, pequeno país localizado no sul da África, entre a África do Sul e Moçambique. Outras 20 pessoas ficaram feridas.

Elas estavam viajando em uma estrada entre as cidades de Swazi Mbabane e Manzini, quando o caminhão que as transportava bateu em outro veículo e, em seguida, foi atingido na traseira por um segundo caminhão, informou um jornal local, o Times of Swaziland.

"Éramos cerca de 50 pessoas a bordo do primeiro caminhão, que colidiu com um Toyota" disse Siphelele Sigudla, de 18 anos, uma sobrevivente citada pelo jornal.

As vítimas estavam em seu caminho para residência real do rei Swazi, para o baile anual reed. Cerca de 40 mil pessoas participam da cerimônia, onde cantam e dançam. A Suazilândia é a última monarquia absolutista da África. 

Tudo o que sabemos sobre:
Áfricaacidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.