Pelo menos 4 soldados morrem em explosão no Afeganistão

Neste ano, mais de 1.600 pessoas morreram por causa da violência no país

EFE

21 de junho de 2008 | 05h50

Pelo menos quatro soldados da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos morreram neste sábado e outros dois ficaram gravemente feridos por causa da explosão de uma bomba na província de Kandahar (sul do Afeganistão), informou o comando militar americano em comunicado. Segundo o comunicado, os militares, cujas nacionalidades não foram especificadas, participavam de uma ofensiva em Kandahar no momento da explosão da bomba. O local do ataque foi isolado pelas forças de segurança. Esta semana, uma força conjunta das tropas internacionais sob o comando da Otan e do Exército afegão lançaram uma operação na província, que terminou com a morte de pelo menos 56 membros da insurgência talibã. O objetivo da ofensiva era forçar a retirada dos talibãs, que haviam tomado vários pontos do distrito de Arghandad. Os combates entre a insurgência e as tropas internacionais e afegãs são constantes, assim como os atentados, especialmente na parte sul do país, onde predomina a etniapashtun, a mesma dos talibãs. Neste ano, mais de 1.600 pessoas morreram por causa da violência no Afeganistão.

Mais conteúdo sobre:
Afeganistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.