Pelo menos 40 supostos insurgentes morrem no Paquistão

Exército promove ofensiva no norte do país, onde moradores fugiram por conta da violência

Efe,

21 de novembro de 2007 | 11h05

Cerca de 40 supostos militantes morreram numa operação das tropas paquistanesas no vale de Swat, no norte do país, onde os combates continuam, informou nesta quarta-feira, 21, o Exército do Paquistão. Os choques começaram na terça no distrito de Shangla, um dos redutos dos fundamentalistas. O Exército ocupou uma colina estratégica, que domina a estrada entre as cidades de Shangla e Alpurai, segundo um comunicado. O Exército paquistanês iniciou na última semana uma ofensiva no vale de Swat, na qual morreram mais de 200 pessoas. Segundo o canal de televisão Geo TV, milhares de pessoas fugiram de suas casas nos distritos mais afetados pela violência.

Tudo o que sabemos sobre:
Paquistãoviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.