Pelo menos cinco morrem em conflito religioso na Índia

Pelo menos 5 pessoas morrerame outras 27 ficaram feridas em conflitos entre hindus emuçulmanos numa cidade do sul da Índia. Os choques ocorreram durante o 11ºaniversário da demolição de uma histórica mesquita por parte deextremistas hindus. Segundo autoridades, os problemas começaram ontem à noite,depois que ativistas hindus retiraram uma bandeira de luto quehavia sido hasteada por residentes de Hyderabad, de maioriamuçulmana, a fim de protestar contra a destruição da mesquitaBabri, erigida no norte da Índia no século XVI. Chandrababu Naidu, governador do Estado de AndhraPradesh, do qual Hyderabad é a capital, afirma que duas pessoas foramassassinadas a punhaladas. Outras três morreram quando a políciadisparou balas de borracha e bombas de gás lacrimogêneo para pôrfim à confusão. Pelo menos outras 27 ficaram feridas, entre elas19 policiais. A violência diminuiu hoje após a imposição de um toque derecolher por parte da polícia.

Agencia Estado,

07 de dezembro de 2003 | 14h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.