Pelo menos quatro mortos em terremoto na Itália

Pelo menos quatro crianças morreram por causa do forte terremoto que atingiu as regiões central e sul da Itália, por volta das 8h40 (de Brasília) de hoje, deixando a população de várias cidades em pânico. Com o tremor, uma escola desmoronou em San Giuliano di Puglia, a cerca de 80 quilômetros a nordeste de Nápoles. Segundo autoridades, o número de mortos no local pode aumentar, já que cerca de 50 estudantes ainda estão presos nos escombros. Vinte crianças já foram resgatadas com vida, oito em estado grave.O tremor atingiu 5,4 graus na escala Richter, informou o Instituto Nacional de Geofísica. O epicentro ocorreu próximo a Campobasso, 226 quilômetros ao sudeste de Nápoles. No último domingo, vários tremores trouxeram à atividade o vulcão Etna, o maior da Europa, localizado na Sicília. Em 1980, um terremoto na região de Nápoles de 7,2 graus da escala Richter matou cerca de 2,8 mil pessoas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.