Pelo menos seis mortos em ataques no Afeganistão

Um ataque a um mercado no sul do Afeganistão provocou a morte de dois civis nesta quarta-feira, informaram autoridades locais. No leste do país, um homem-bomba a bordo de um carro-bomba suicidou-se ao detonar os explosivos levados no veículo. Uma criança morreu no episódio.O ataque ao mercado ocorreu em Spin Boldak, na província de Kandahar, no sul do Afeganistão. Uma bomba foi colocada em uma carroça de frutas parada a apenas um quilômetro da fronteira com o Paquistão. O comandante da polícia local, Haji Abdul Wasay, disse que dois civis morreram e oito ficaram feridos no incidente.No leste afegão, um militante suicida a bordo de um carro-bomba tentou atacar um comboio militar americano a 25 quilômetros de Khost, também perto da fronteira com o Paquistão.Um grupo de crianças brincava perto do local do ataque. Uma delas morreu e três ficaram feridas, disse Merajuddin Pathan, governador de Khost. Dois soldados americanos sofreram escoriações superficiais no atentado suicida.Também em Khost, rebeldes atacaram uma patrulha militar afegã, dando início a um confronto que resultou na morte de "um grande número" de supostos militantes, disseram autoridades afegãs. Não houve vítimas entre as forças de segurança.De acordo com Pathan, cerca de 40 rebeldes teriam morrido no episódio. Até o momento, porém, dois corpos de supostos insurgentes foram recuperados pelas forças de segurança afegãs.Centenas de supostos rebeldes morreram no Afeganistão desde o início, há cerca de dois meses, de uma ampla operação militar liderada pelos Estados Unidos contra o sul e o leste do país centro-asiático.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.