Pelo menos um morto em ataque contra igreja copta no Egito

Pelo menos um cristão copta morreu e outros 17 ficaram feridos em ataques perpetrados simultaneamente nesta sexta-feira, 14, contra três igrejas na cidade egípcia de Alexandria. De acordo com a polícia, um grupo de supostos radicais islâmicos atacou com facas os fiéis coptas que saíam de três igrejas nos bairros de Hadra, Flemeng e Sidi Beshr. As fontes disseram que pelo menos sete dos feridos encontram-se em estado grave. O Ministério do Interior identificou apenas um dos atacantes, como Mahmoud Salah-Eddin Abdel-Raziq, e afirmou que ele sofre de "distúrbios psicológicos". Mais cedo, a polícia afirmou que três homens haviam sido detidos com relação a quatro ataques simultâneos. A discrepância entre as informações não foi imediatamente explicada. No entanto, o governo sempre tenta diminuir a importância de incidentes que possam ser caracterizados como de natureza sectária.

Agencia Estado,

14 Abril 2006 | 18h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.