Pentágono desconhece irregularidades em vôo

Fontes do Pentágono informaram que não havia nenhuma indicação de irregularidades no vôo 587 da American Airlines cujo avião caiu nas proximidades do Rockaway Boulevard, no bairro do Queens, em Nova York. As autoridades decretaram alerta número 1 na cidade, o que significa que o espaço aéreo e todas as pontes e túneis que conectam Manhattan a outros bairros foram fechados. O prefeito Rudolph Giuliani disse o avião perdeu uma de suas turbinas. Testemunhas informaram que a aeronave já estava em chamas quando começou a cair. Fontes da Federal Aviation Administration (FAA), a administração civil aérea norte-americana, disse que não há sinais de que o acidente tenha sido provocado por um ato terrorista. Helicópteros da polícia sobrevoam a região do acidente e acredita-se que na região havia um posto de gasolina. A polícia ainda não tem informações sobre vítimas. Segundo informações da CNN, havia aviões militares na região no momento do acidente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.