Pentágono gasta mais US$ 2 bi em bombas teleguiadas

O Pentágono assinou contratos de US$ 2 bilhões com duas companhias para aumentar a produção de dispositivos usados em bombas a laser. As duas empresas agraciadas são Raytheaon e Lockheed Martin. Os dispositivos permitem que as bombas lançadas por aviões sejam guiadas por raios laser pela tripulação ou por equipes militares em terra. Em caso de guerra contra o Iraque, as bombas a laser deverão ser usadas amplamente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.