Pequim autoriza voos diretos para Taiwan

O governo chinês deu sinal verde ontem para que 16 companhias aéreas passem a operar uma rota direta a Taiwan - oficialmente considerada "província rebelde" por Pequim. Os voos haviam recomeçado em 2005, mas se limitavam a charters. Empresas não tinham autorização para estabelecer linhas comerciais para Taipé. O governo chinês criticou duramente esta semana Taiwan por ter autorizado a visita do dalai-lama à ilha. Mas o sinal de abertura de ontem deve reduzir as tensões na região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.