Pequim mantém escolas fechadas por temor a Sars

Pequim decidiu manter as escolas de ensino básico e médio fechadas por mais duas semanas para combater a disseminação da Síndrome Respiratória Aguda e Severa (Sars), pneumonia atípica que já matou 190 pessoas no parte continental do país. Neste sábado, foram confirmados 181 novos casos e 9 mortes na China. Só na capital chinesa, mais de 13 mil pessoas estão em quarentena.As escolas haviam sido fechadas duas semanas atrás e deveriam ser reabertas na próxima quarta-feira, se a epidemia estivesse sob controle. Segundo a agência oficial chinesa, as autoridades pretendem dar seqüência ao ano letivo com aulas pela TV e internet. A decisão de manter as escolas fechadas afeta 1,37 milhão de alunos.Veja o índice de notícias sobre a pneumonia atípica

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.