Pequim prende líder de protesto

Zhou Yongjun, um dos líderes das manifestações de 1989 na Praça da Paz Celestial, foi preso na China sob acusação de fraude, afirmaram ontem seus parentes. Yongjun, que fugiu para os EUA em 1993, estaria detido desde que voltou à China, no ano passado. Sua família, porém, só recebeu a notificação oficial de sua prisão ontem. Acredita-se que centenas de pessoas foram mortas nos protestos de junho de 1989.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.