Peregrinação reúne dois milhões de xiitas

Cerca de 2 milhões de muçulmanos xiitas fizeram ontem uma peregrinação na cidade sagrada de Kerbala, no Iraque, para marcar o principal dia da Ashura - data que lembra a morte de Hussein, neto de Maomé. Nos últimos dois dias do feriado, pelo menos 75 pessoas morreram em confrontos entre a polícia e uma seita messiânica xiita, no sul do país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.