Peregrinação tem histórico de tragédias

Todos os anos, milhões de peregrinos muçulmanos viajam para as cidades sagradas de Meca e Medina para o tradicional Hajj. Um desafio de segurança para as autoridades sauditas, as multidões, o tráfego intenso e os rituais de apedrejamentos causam tragédias e deixam milhares de mortos. Veja alguns dos principais acidentes: 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.