Eitan Abramovich / AFP
Eitan Abramovich / AFP

Perfil: Daniel Martínez, esportista e pragmático da Frente Ampla

O ex-prefeito de Montevidéu disputa a presidência do Uruguai pela primeira vez

Redação, O Estado de S.Paulo

23 de novembro de 2019 | 08h15

O advogado Luis Lacalle Pou, do Partido Nacional (centro-direita), corre como favorito para chegar à presidência no segundo turno do Uruguai, no domingo, 24, contra Daniel Martínez, um engenheiro e ex-prefeito de Montevidéu, candidato pela governista Frente Ampla (esquerda). 

Daniel Martínez é um engenheiro industrial que foi prefeito de Montevidéu, entre 2015 e 2019, quando renunciou ao cargo para disputar as prévias da Frente Ampla. Aos 62 anos, ele tem dupla nacionalidade: além de uruguaio, é também francês. 

Martínez construiu seu caminho até a candidatura após décadas de militância no Partido Socialista, que integra a coalizão de esquerda fundada em 1971, que governa o Uruguai desde 2005.

Longe do carisma do ex-presidente José Mujica ou da paixão militante que despertava o atual presidente Tabaré Vázquez, Martínez é um gestor pragmático. 

Para Entender

Cenário: Mais uma mudança de poder à vista na América Latina

Com os governantes passando por dificuldades em toda a América Latina, a guinada à direita no Uruguai ficou clara nas eleições gerais de 27 de outubro

Esportista, quando assumiu o governo de Montevidéu foi trabalhar de bicicleta e depois começou a circular de veículo elétrico, destacando sua preferência pela energia sustentável.

Casado e pai de três filhas, é a primeira vez que ele disputa a presidência. Em entrevista recente, garantiu que nunca planejou ser presidente. “Às vezes, a vida e os fatos te levam.” / AFP

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.