Perry abandona disputa e dá apoio a Gingrich

Ex-governador do Texas desiste de candidatura dois dias antes de prévia na Carolina do Sul e após gastar US$ 17 milhões

WASHINGTON, O Estado de S.Paulo

20 de janeiro de 2012 | 03h05

O governador do Texas, Rick Perry, desistiu ontem de concorrer ao posto de candidato republicano nas eleições presidenciais de novembro e apoiou seu rival Newt Gingrich, ex-presidente da Câmara dos Deputados.

O anúncio ocorreu em Charleston, a dois dias da primária da Carolina do Sul, onde Perry havia apostado suas fichas para reverter o fracasso em Iowa e New Hampshire. Apesar de seu esforço, Perry tinha 3,8% das intenções de voto na Carolina do Sul, segundo a Real Clear Politics. Nos últimos quatro meses, ele gastou US$ 17 milhões na campanha.

A decisão pode alterar a equação eleitoral, favorável ao moderado Mitt Romney. "Newt Gingrich é um conservador visionário que pode transformar nosso país", declarou Perry.

Essa foi a terceira desistência entre os republicanos. A deputada federal Michele Bachmann, da ala radical republicana, o Tea Party, desistiu depois de Iowa. O moderado Joe Huntsman jogou a toalha depois de obter o terceiro lugar em New Hampshire. Huntsman deu apoio a Romney.

Suas posições politicamente incorretas, suas gafes e algumas medidas como governador reduziram a capacidade de Perry de conseguir financiamento. Ele foi criticado por seus adversários por ter bancado no Texas a isenção de taxa de matrícula para filhos de imigrantes ilegais em escolas e defender a vacinação obrigatória de meninas contra o vírus HPV, possível causador de câncer no colo do útero. / D. C. M.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.