Peru declara emergência por causa de onda de frio

Regiões mais afetadas ficam no sul do país; centenas de pessoas morreram de doenças relacionadas ao frio.

Dan Collyns, BBC

24 de julho de 2010 | 08h42

O governo do Peru decretou Estado de emergência em 16 das 24 regiões do país por causa da onda de frio.

A maior parte das áreas afetadas fica na região andina, no sul do país, onde as temperaturas costumam cair para abaixo de zero graus centígrados nesta época do ano.

Neste ano, no entanto, as temperaturas chegaram a -24C.

Com a medida, as autoridades locais podem acessar fundos de emergência para fornecer remédios, cobertores e abrigos às populações mais afetadas pelo frio.

Mortes

Nesta semana, os termômetros marcaram as temperaturas mais baixas em 46 anos na capital, Lima, quando o frio chegou a 8C. Foram adotadas medidas de emergência em vários subúrbios da cidade.

Na região amazônica do Peru, normalmente quente e úmida, a temperatura caiu para até 9C. Já houve cinco ondas de frio na região neste ano.

Centenas de pessoas - quase metade delas crianças muito jovens - morreram de doenças relacionadas ao frio, como pneumonia, nas regiões montanhosas do sul do Peru, onde a temperatura tem atingido -20C.

As populações rurais pobres, que vivem 3.000 metros acima do nível do mar, são as mais afetadas.

Segundo fontes médicas, a desnutrição, pobreza extrema e condições extremas de vida são os principais fatores de mortes relacionadas ao frio nesta época do ano.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
perufrioinvernopneumoniaemergência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.