Peru: embate entre policiais e mineiros deixa 18 feridos

Um enfrentamento entre policiais e mineiros que exploram ouro de forma artesanal deixou 15 trabalhadores e três policiais feridos nesta quinta-feira, em um bloqueio em uma importante via que liga o Brasil com a costa do Pacífico do Peru, disseram autoridades de saúde peruanas.

AE, Agência Estado

04 de abril de 2014 | 15h56

Os mineiros mantinham fechada a estrada na área de selva de Madre de Dios para protestar contra uma lei do governo que limita o uso do combustível necessário para o funcionamento das máquinas com que extraem ouro.

Segundo a médica do centro de saúde estatal do povoado de Mazuko, Marcia Calderón, foram 18 feridos: 15 mineiros e três policiais.

O confronto começou na manhã de quinta-feira, quando a polícia desalojou os mineiros da estrada Interoceânica e de um espaço desportivo onde centenas deles estavam alojados, alguns com filhos e esposas. "Eles haviam chegado na segunda-feira de povoados mineiros vizinhos como Huepetuhe, Delta 1 e Colorado", disse o representante dos mineiros Javier Calcina.

Os mineiros também pedem que sejam revogadas leis que permitem a destruição de maquinários e ferramentas, que seja permitida a venda do ouro extraído por eles e que seja ampliado o prazo de 19 de abril para formalização para 70 mil mineiros.

O governo do presidente Ollanta Humala começou no fim de 2013 uma intensa ofensiva contra a mineração que extrai ouro em zonas proibidas, como rios e bosques. Desde dezembro, foram destruídas, com explosivos, máquinas e 13 plantas ilegais de tratamento do metal, avaliadas em US$ 30 milhões. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Peruconfrontosmineirospoliciaisouro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.