Peru envia cinco toneladas de ajuda humanitária ao Equador

O Governo peruano enviou nesta segunda-feira cinco toneladas de ajuda humanitária à Defesa Civil do Equador, para serem repartidas entre os afetados pela erupção do vulcão Tungurahua, que na quinta-feira passada expeliu milhares de toneladas de cinza e fluxos piroclásticos.As cinco toneladas chegaram a Quito em um avião da Força Aérea Peruana. Milhares de hectares de terra ficaram cobertas pela cinza que, segundo a Defesa Civil, afetou mais de um milhão de pessoas.A cinza chegou a atingir províncias distantes do vulcão, como a de Azuai, ao sul do país, segundo relatórios de imprensa. Até o momento, foram recuperados os restos mortais de três pessoas que faleceram em Palitahua, enquanto duas continuam desaparecidas, apesar do prefeito de Penipe, Juan Salazar, e da Defesa Civil os darem como mortos.O vulcão Tungurahua registrou uma forte atividade no dia 14 de julho, sendo que na quinta-feira passada apresentou a maior erupção dos últimos 120 anos, com a procedência de milhares de toneladas de cinza e lava.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.