Peru: protestos suspendem instalação de mina de ouro

Protestos cada vez mais violentos de ambientalistas forçaram a suspensão, nesta terça-feira, de um projeto de US$ 4,8 bilhões em uma mina de ouro do Peru.

ROBERTO CARLOS DOS SANTOS (AE), Agência Estado

30 de novembro de 2011 | 01h40

O projeto está majoritariamente sob comando da gigante da mineração americana Newmont. Os protestos ocorrem no departamento (Estado) de Cajamarca, com a participação de milhares de manifestantes. Ao menos 10 pessoas ficaram feridas nesta terça-feira, sexto dia de protestos contra o chamado "Projeto Conga", que conta com o apoio do presidente Ollanta Humala.

O projeto está sendo desenvolvido pela mineradora Yanacocha, empresa controlada pela Newmont Mining Corp. "Com o objetivo de restabelecer a tranquilidade e a paz social em Cajamarca, foi decidida a suspensão das atividades do projeto", disse, em comunicado, a Yanacocha. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.