Pescaria de Putin é motivo de piada na Rússia

Em passeio pela Sibéria, ele fisgou um peixe de 21 kg - e ninguém acredita

O Estado de S.Paulo

30 de julho de 2013 | 02h11

MOSCOU - O Kremlin divulgou na semana passada um vídeo que abalou a Rússia. O presidente Vladimir Putin, vestido em traje camuflado, ataca seu inimigo - que se debate em águas geladas - e o captura em uma rede, com certa dificuldade, após três minutos de resistência.

Para o governo russo, a pescaria de Putin na Sibéria, acompanhada pelo primeiro-ministro, Dmitri Medvedev, e pelo ministro da Defesa, Sergei Shoigu, foi um grande acontecimento. Afinal, não é todo dia que o presidente de 60 anos captura um lúcio, tipo de peixe de água doce, com 21 quilos.

   

O feito, no entanto, virou motivo de piada. E Putin acabou sendo ridicularizado na internet por sua "história de pescador". No vídeo, Putin retira o peixe da rede fazendo força, demonstrando o peso do animal e, orgulhoso, ainda lhe dá um beijinho. Uma pessoa, por trás das câmeras, diz: "Cuidado, Vladimir, ele pode morder". Mas o presidente, sem titubear, responde: "Quem vai mordê-lo sou eu".

Poucas horas depois, ironias e ceticismo de opositores eram direcionados ao vídeo do presidente. "Adivinha quem deixou o peixe para Putin pegar?", dizia a legenda colocada sob duas fotos. Em uma imagem, ele estava com o peixe. Na outra, Medvedev saia de um rio, com traje de mergulho.

Pescadores experientes colocaram fotos de grandes lúcios que já foram fisgados, questionando o tamanho e o peso do troféu exibido pelo presidente. Um porta-voz do Kremlin, porém, fez questão de assegurar que o peixe de Putin tinha, realmente, mais de 20 quilos. / REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.