AP
AP

Pesquisa aponta que 48% dos democratas querem Biden na disputa

Cerca de 30% dos entrevistados preferem que ele permaneça de fora; vice-presidente representa ameaça para Hillary Clinton

O Estado de S. Paulo

13 Outubro 2015 | 14h26

LAS VEGAS - Quase metade dos democratas americanos querem que o vice-presidente Joe Biden entre na disputa, segundo a pesquisa Reuters/Ipsos lançada na segunda-feira. Cerca 48% dos entrevistados gostariam que ele fosse o candidato, em comparação com os 30% que afirmaram que ele deveria permanecer de fora.

Biden representa uma ameaça para Hillary Clinton, cuja esmagadora vantagem nas pesquisas de opinião entre democratas diminuiu em meio a questionamentos sobre o uso de sua conta de e-mail pessoal para tratar de assuntos do governo quando ainda era secretária de Estado.

Hillary tem se inclinado para a esquerda diante do primeiro debate entre candidatos democráticos à presidência dos EUA, que será realizado nesta terça-feira, 13. Ela espera conseguir se desviar das críticas feitas pelo seu rival Bernie Sanders.

Mas em uma corrida democrática marcada até agora por poucos confrontos políticos, o movimento de Hillary para se proteger de assuntos como o pacto de comércio asiático e o oleoduto Keystone pode abrir as portas para a sinceridade dela e para as acusações da mudança de sua postura política. /REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.