Pesquisa aponta que prefeita de Lima sobreviveu a recall

Sondagens eleitorais mostram que a prefeita de Lima, Susana Villaran, escapou de perder seu mandato em referendo realizado ontem na capital peruana. Três pesquisas apontam que pelo menos 53% dos eleitores querem que a dirigente de centro-esquerda permaneça no cargo.

Agência Estado

18 de março de 2013 | 00h05

Os resultados oficiais da votação deste domingo sobre a possibilidade de expulsar Villaran só deverão ser conhecidos nesta segunda-feira, pois o referendo não foi feito apenas para a prefeita, mas também para cada vereador da cidade de Lima.

Villaran lutou para organizar o caótico sistema de trânsito de Lima e fez reformas em instituições suspeitas de corrupção. Seu histórico ligado aos direitos humanos recebeu apoio da maioria dos políticos peruanos.

Já os organizadores do referendo a chamaram de incompetente, ineficiente e lenta na execução de projetos de obras públicas. Entre seus detratores está seu antecessor, Luis Castañeda, a quem ela acusou de corrupção. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
PeruLimaprefeitaVillaran

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.