Pesquisa avalia imagem de latinos na internet

Apesar de ter mais repercussão com as menções no Google, é no Twitter que a presidente Dilma Rousseff recebe as citações mais positivas, de acordo com uma pesquisa de popularidade de líderes latino-americanos na internet. O estudo avaliou como os 20 líderes mais importantes na América Latina se saem quando o assunto são as discussões online.

RENATA TRANCHES , O Estado de S.Paulo

24 de março de 2014 | 02h08

O levantamento da consultoria de comunicação Llorente & Cuenca, lançado hoje, concluiu que aqueles que conseguem controlar com mais rigor suas contas em redes sociais provocam mais comentários positivos - ainda que isso signifique, ao mesmo tempo, um grande volume de menções negativas.

"As pessoas vão falar sobre ele de qualquer jeito, mas quando esse político se posiciona e trabalha com o que está sendo falado, ele consegue converter isso numa menção positiva, ao contrário daquele que não fala nada", explicou ao Estado o gerente da consultoria no Rio de Janeiro, Pedro Borges.

Em geral, o presidente do México, Enrique Peña Nieto, é o líder com mais repercussão nas redes - o que se fala sobre ele chega a mais pessoas, em comparação aos outros. Mas é o presidente do Equador, Rafael Correa, que conta com o maior número de menções positivas.

A pesquisa considerou as menções feitas no Google, no Facebook, no Twitter e no YouTube - principais ferramentas que, segundo o consultor, fornecem a amostra das conversas na internet. As menções foram divididas em: liderança, influência, responsabilidade e gestão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.